18 agosto 2015

Ana vai á festa

Ana só queria se divertir aquela noite e esquecer de todos os problemas que encheram sua cabeça durante o dia. A semana. O mês. Escolheu um dos seus melhores vestidos, ligou para as amigas e nenhuma delas se sentia disposta a sair para dançar. Penteou os cabelos, delineou os lábios e o toque final... O perfume. O perfume de Ana era algo que era inexplicável. Até eu, em condição de narradora não poderia descrevê-lo para você. A não ser em duas palavras: único e marcante. Calçou os sapatos e foi assim mesmo sozinha e independente. O coração dela estava batendo tão rápido e forte que ela temia que ele saísse do corpo. Ela entendia aquele nervosismo, pois nunca foi uma pessoa de sair sozinha, á mercê da noite. Andava pela rua e logo ali naquela esquina já conseguia ver o reverberar das vozes e risadas.

 A música estava bastante alta, tão alta que Ana mal podia escutar seus próprios pensamentos que a condenavam louca por estar ali sozinha e sem conhecer ninguém. Ela não queria escutar a voz do próprio pensamento, desejava que pudesse desligá-lo apenas aquela noite para que pudesse se divertir. A pista estava cheia e as luzes coloridas e piscantes a encantavam. Queria tomar coragem para dançar já que sua cota já havia acabado usando-o para chegar até ali. Respirou fundo. Um, dois, três. “Ana, você consegue. É apenas uma festa, as pessoas estão dançando e ninguém irá reparar em você. Deixa de ser idiota”.

 Deu um passo, depois outro, mais um, mais dois... E chegou a pista cheia de pessoas. Notou que todo esse drama não passava de bobagem. Pura insegurança. Começou dando alguns passos meio desajeitados até que fechou os olhos e deixou a música tomar conta do seu corpo. Era uma sensação única. Ana estava embrigada, mas não por bebida. Por algo que mal ela conseguia explicar, apenas sentir. A música tinha aquele poder com ela. Estava feliz. 



Estava completa. Transbordava.

 Nota da narradora: Ana, divirta-se. A noite agora é sua amante.

 *foto do Tumblr!*

10 comentários:

  1. Lindo texto, a música pode nos transformar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Música é uma das maravilhas do mundo.

      Excluir
  2. Oi!
    Adorei o texto. Veio em um ótimo momento para mim.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/2015/08/resenha-peter-pan-tem-que-morrer-por.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gustavo! Que bom! Espero que tenha te passado uma vibe boa com minhas palavras.

      Excluir
  3. Olá!
    A música faz toda diferença em nossa vida. Ótimo texto!

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eba, outra Julia! Isso mesmo. Música é o poder!

      Excluir
  4. Ola Julia que texto maravilhoso, realmente a música nos envolve e transporta a lugares que queremos estar. A música tem o dom de nos curar, alegrar nosso dia e não foi diferente com Ana. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Joyce! Ana é meio um alter ego meu e ama música. Um bjo!

      Excluir
  5. Adorei o texto!Você escreve muito bem! Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Obrigado Miguel (nome do meu futuro filho rs). Bjo! <3

      Excluir

© Notável Leitura - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por Isabelle Lorrayne.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo